A longa noite dos Óscares

O meu grande favorito O Artista — mudo e a preto e branco — calou a concorrência, ao ser distinguido nas principais categorias: o melhor filme, o melhor realizador, o melhor actor (George Clooney e Brad Pitt ficaram a ver navios), a melhor banda sonora e o melhor guarda-roupa.
Quando subiu ao palco para receber a estatueta, Jean Dujardin terminou os agradecimentos com um merci, aludindo à resposta que a sua personagem, George Valentin, daria naquela situação, caso não fosse um actor do cinema mudo.
A invenção de Hugo Cabret de Martin Scorsese venceu 5 Óscares, mas
falhou as principais categorias.
Uma Separação (Irão) ganhou o Óscar para o melhor filme estrangeiro, em língua não inglesa.
O melhor argumento original: Meia-Noite em Paris de Woody Allen
O melhor argumento adaptado: Os Descendentes de Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash
O melhor actor secundário: Christopher Plummer em O amor é assim
A melhor actriz secundária: Octavia Spencer em As Serviçais
Bravo, Meryl!

Trocava o Jean, o Brad e o George pelo Jack Russell Terrier Uggie.

Kommentare

  1. O cinema americano está em decadência, pelo menos na qualidade. Os prêmios são dados aos lucros e interesses dos patrocinadores de cada fita. Beijo

    AntwortenLöschen
  2. Falta acrescentar : Melhores conhecedoras do cinema atual (nos blogs que sigo) :
    Teté e ematejoca ! :)))
    Parabéns às duas !
    .

    AntwortenLöschen
  3. Eheheh, foi uma noite sem surpresas... :)))

    Onde é que tiraste essa de trilha sonora, maquiagem e tal? De algum site brasileiro, só pode. O filme que consagrou Christopher Plummer como melhor ator secundário tem o título em português de "Assim é o Amor"... :)

    Beijocas, ó companheira da noitada! :D

    AntwortenLöschen
  4. Claro que concordo contigo: Octavia, Plummer e Meryl foram ovacionados de pé, ao Dujardin bateram as palmecas da praxe... nem muito entusiásticas! Ele é francês, não é um dos seus pares, daí talvez o incómodo da sua presença no palco... ;)

    E Uggie é realmente um cãozinho delicioso! Sabias que já levou como prémio (não sei onde) uma coleira de diamantes? :)))

    AntwortenLöschen
  5. Parece que as coisas desta vez não descambaram. Eu cá para mim, parece-me que os americanos de vez em quando abrem mão do óscar, só para não parecer mal, e no ano seguinte volta-se ao mesmo.

    AntwortenLöschen
  6. O Jean, acho que não trocava, podiam vir os dois, o Jean o Uggie :)
    Consegui ver os filmes todos, menos Os Descendentes e gostei que O Artista tivesse ganho (mesmo tendo gostado um bocadinho mais do Hugo, gostei muito dos dois)
    um beijinho
    Gábi

    AntwortenLöschen
  7. Tenho que ver esse filme mudo.:)
    bji, Teresinha

    AntwortenLöschen
  8. Não foi um bocado um prémio a contestar o mainstream de Hollywood e o domínio dos grandes estúdios?

    AntwortenLöschen
  9. Este ano passei praticamente ao lado dos Óscares, talvez porque (ainda) não vi a maioria dos filmes.
    Ontem penitenciei-me, vendo (parcialmente)a cerimónia de entrega dos prémios da SPA eh!eh!eh!eh!

    AntwortenLöschen
  10. eu só tinha visto rio e torcia pela melhor canção. nem acreditei que ganhou a óbvia canção dos muppets. enfim... o resto não vi. beijos, pedrita

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen