AMOR E NATUREZA

Corremos juntos pelos campos,
olhando as papoilas inocentes,
a fortaleza das árvores silenciosas,
o eterno azul do céu.

Ouvimos a voz do vento,
os murmúrios da água dos regatos,
o cantar das cigarras descuidadas,
a música da colheita.

Unimos os nossos gestos,
os nossos ideais, as nossas almas
à quietude da paisagem verde.

Amamos a natureza pura e livre,
Puros e livres como a natureza
fazemos amor sobre a relva fresca.

Kommentare

  1. Quando conheci o homem da minha vida, escrevi este poema.

    Como hoje fazemos anos de casados, resolvi publicá-lo.

    Voilá!!!

    AntwortenLöschen
  2. Hoje faço anos de casado.
    Casei com uma Teresa
    mas já se vê
    que tal Teresa não é "Bossê"

    Parabéns

    AntwortenLöschen
  3. Eheheh, que coincidência! Parabéns, Teresa! E que continuem a ser felizes, sempre! :D

    E, já agora, também parabéns ao Rogério! :)

    Beijocas para ti!

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen