Bayreuth e Richard Wagner

A Colina Verde quase tão mítica quanto as óperas wagnerianas

No dia 26 de julho de 1882 estreava Parsifal, a última ópera de Richard Wagner. O herói, o "tolo puro", é um dos cavaleiros da Távola Redonda, coroado rei do Santo Graal após encontrar a maturidade no contacto com o mal.

Kommentare

  1. Há tanto tempo que não assisto a nada assim.
    bji, Teresinha.

    AntwortenLöschen
  2. Não é a minha ópera predilecta, todas as personagens são muito exageradas ou na culpa ou na escravidão do mal ou na inocência ou na fé... o que me enfada por vezes, mas tem momentos sublimes em termos musicais

    AntwortenLöschen
  3. Aprecio mais a trilogia "O Anel dos Nibelungos".
    Cumprimentos.

    AntwortenLöschen
  4. A ópera deveria ser mais divulgada através da televisão, por exemplo!
    Lembro-me de, em miúda, haver teatro e ópera no único canal existente na altura!
    E é pena!
    Gostei de saber!

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen