Foiçada


Amy Winehouse, cantora com um sobrenome dotado de uma sagaz ironia, morreu hoje aos vinte e sete anos. Um final que, sendo surpreendentente pela idade da cantora, faz todo o sentido, conhecido o seu passado auto-destrutivo, que o talento tende terrivelmente a provocar, e cuja história nos diz ser permaturamente fatal para muitos artistas.
Tomislav Ivic, Salvador Caetano, Maria José Nogueira Pinto, Sandro Angélico Vieira, Diogo Vasconcelos e, agora, Amy Winehouse. O último mês tem sido profícuo em mortes mediáticas, como se algo cósmico tivesse utilizado o reconhecimento destes seres agora falecidos para nos lembrar que não estamos a salvo e que se há distinção entre os famosos e nós, reles mortais, a culpa é da espécie humana. A morte, essa, não discrimina.

Diogo Hoffbauer Malheiro Dias

Kommentare

  1. É verdade ! Ouvi a notícia quase em cima do acontecimento.
    Era de esperar que isto viesse a acontecer !
    Ao ouvir "Rehab" (Reabilitação) ou "You know i'm not good" e sabendo-se da vida que levava e do triste espectáculo que deu em Portugal (completamente drogada), não seria de esperar outra coisa a curto prazo.
    .

    AntwortenLöschen
  2. Incrivel como a noticia se espalhou. Eu nao estando em portugal recebi mensagens de varios contactos a avisar-me da subita e pouco esperada morte da Amy.
    Lamento pela perda da vida humana, pela musica porque a sua voz era umas das vozes do seculo 21 mas como diz o povo: cada um deita-se na cama que faz. A Amy nao ia ser excepcao.

    Ass: Rita Machado

    AntwortenLöschen
  3. Tal como o Rui, ouvi a notícia em cima da hora, na TSF. Foi uma morte há muito anunciada. Entretanto, já pode acrescentar mais um nome a esse extenso obituário: morreu ontem Maria Lúcia Lepecki.
    Porque durante as férias andei arredado das notícias, só agora soube da morte do Ivic e do Salvador Caetano. Um Julho negro que ainda não cabou e ficará marcado pela acção criminosa de um extremista norueguês que ceifou a vida a dezzenas de inocentes.

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen