FELIZ ANIVERSÁRIO, LUÍSA!


I

Madrugada quente
de uma noite de Verão
Batas brancas
Gritos
Ansiedade
Dor

O bébé loiro
nasce
Seu corpinho
rosado
É um poema de amor

II

Dorme
bébé loiro
dorme
sonha com anjos
brancos
que caminham sobre pétalas
cantando canções dolentes

Dorme
bébé loiro
dorme
o sono feliz dos inocentes

III

O bébé loiro
sorriu
tornando pequenos
seus grandes olhos verdes
Sua face
ficou rosada
como uma romã
Num último esforço
Pronúnciou pela primeira vez
a palavra — mamã!

Kommentare

  1. É uma das tuas filhas que faz anos? Se sim, Parabéns a ambas! :))

    E beijocas também!

    AntwortenLöschen
  2. Um grande beijinho de parabéns a esse lindo "bebé loiro"...e outro para ti.:)

    AntwortenLöschen
  3. Faz hoje anos que fui pela 1ª vez mãe.
    Escrevi, então, este poemazito como homenagem ao meu bebé loiro, que entretanto, continua loira, mas de bebé já não tem mesmo nada.

    AntwortenLöschen
  4. Ora bem, sou travesso mas não avesso a estas coisas de parabéns, coisa e tal...

    Ámen!

    ;)

    AntwortenLöschen
  5. Muitos parabéns à Luísa e para ti também, pela menina loira e pelo poema.

    Beijinhos às duas.

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen