MARILYN


Como Rita, esta moça foi corrigida. Tinha pálpebras gordas e padada, nariz de ponta redonda e dentes demasiados: Hollywood cortou a gordura, suprimiu cartilagens, limou seus dentes e transformou seus cabelos castanhos e bobos numa maré de ouro fulgurante. Depois os técnicos a batizarem como Marilyn Monroe e lhe inventaram uma patética história de infância para que ela contasse aos jornalistas.
A nova Vênus fabricada em Hollywood já não precisa se meter em cama alheia para conseguir contratos para papéis de segunda em filmes de terceira. Já não vive de salsichas e café, nem passa frio no inverno. Agora é uma estrela, ou seja: uma pessoinha disfarçada que gostaria de recordar, mas não consegue, certo momento em que simplesmente quis ser salva da solidão.
Eduardo Galeano — Mulheres

Kommentare

  1. e pensar que já lá vão quase 50 anos, desde qe ela nos deixou!

    AntwortenLöschen
  2. O São João ainda vai longe. Tenho cinco exames antes dessa grande noite de festa portuense.
    Ate quando Teresa? Não entendi.

    AntwortenLöschen
  3. Olá!!
    Quanto tempo não paro pra dar um oi!
    Belissimo post.
    Beijos

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen