Margot Kässmann, líder da Igreja Evangélica na Alemanha (EKD), foi apanhada embriagada ao volante no último sábado em Hannover!

Não tencionava mencionar no "ematejoca azul" esta notícia, porém hoje à noite fui a uma palestra no Museu Goethe de Düsseldorf com uma amiga minha, vindo à conversa o escândalo de embriaguez ao volante da líder protestante alemã Margot Kässmann.
Como a minha amiga e eu temos modos de ver muito diferentes quanto à decisão da Kässmann de abandonar todos os seus cargos, fiquei com curiosidade de saber a opinião dos meus leitores.

Margot Kässmann

Margot Kässmann, 51 anos, renunciou aos aos cargos de bispa em Hannover e presidente do conselho nacional da Igreja Evangélica da Alemanha.

Kommentare

  1. Quando hoje li a notícia no DN, coloquei-me exactamente a mesma questão, mas não voltei a pensar no assunto. Agora que a Teresa o coloca, digo-lhe o que pensei de imediato: Não devia demitir-se, mas sim dar uma explicação.
    Claro que isto é fácil de dizer para quem não conhece a senhora de lado nenhum, está longe e não tem uma noção correcta de todas as circunstâncias envolventes.
    O melhor, provavelmente era mesmo ter ficado calado, mas como pediu a opinião e sou muito obediente...

    AntwortenLöschen
  2. É um bocado difícil de dar opinião sem saber as coisas involventes, ou promenores mas como pessoa com uma notoriedade como parece ter não poderia pôr em risco a sua própria vida e a dos outros, esta é a minha opinião, esteja perto ou longe, seja um cidadão comum ou comhecido.
    Abraço

    Já agora qual é a sua opinião Teresa???

    AntwortenLöschen
  3. Tendo em consideração a transparência e a frontalidade com que Kässmann se tem destacado em público, não havia alternativa à demissão. Qualquer apelo ou questão cristã/moral que Kässmann viesse a evocar no futuro, corria o risco de perder credibilidade. Uma grande senhora, sem dúvida. Por muita pena que tenhamos, este acto enquadra-se de forma consistente na actuação de Kässmann. Um exemplo a seguir por muitos responsáveis da vida pública...

    AntwortenLöschen
  4. Foi muito noticiado este caso. Eu vi a cara da senhora por todo quanto era sítio. E pensei: "O que se passará?" Depois comprei o Rheinschen Post e encontrei a resposta. Mas fiquei na dúvida, denn ist mein Deutsch noch nicht so stark. Ainda bem que passei por aqui!

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen