Prémio Goncourt de Poesia atribuído ao marroquino Abdellatif Laâbi

O Prémio Goncourt de Poesia foi atribuído ao escritor e poeta marroquino Abdellatif Laâbi pelo conjunto da obra, informou a Academia Goncourt em comunicado citado pela AFP. Abdellatif Laâbi, 67 anos, escreve em língua francesa e é autor de numerosos livros de poesia, romances e peças de teatro. Traduziu obras de vários poetas árabes. Nos anos 1970, a sua actividade política valeu-lhe uma condenação a dez anos de prisão em Marrocos, na sequência do que se instalou em França. A sua obra poética é marcada pelo desejo de justiça e de liberdade.

Le poète
et la roue des questions
A-t-il failli lui aussi ?
Il s’est battu
tant que le monde avait une assise
et le berger une étoile
Il a hurlé avec les fous
et arboré le sourire de l’éveillé
Il a tendu la main
jusqu’à ce qu’on la lui coupe
De sa marge
il observe maintenant les broyeurs
succédant aux broyeurs
Jusqu’à quand ?

Abdellatif Laâbi, août 2009

Kommentare