A violoncelista alemã Konstanze von Gutzeit vence Prémio Suggia


Foi com grande satisfação que li no Público que a violoncelista alemã Konstanze von Gutzeit, de 24 anos, natural de Bochum, foi a vencedora da primeira edição do Prémio Internacional Guilhermina Suggia, lançado pela Casa da Música. A distinção foi decidida na noite de sexta-feira, no Porto, após a interpretação, na Sala Suggia, do Concerto para violoncelo e orquestra em Si menor, op. 104, de Dvorák, acompanhada pela Orquestra Nacional do Porto dirigida pelo maestro Alexander Shelley.

Konstanze, que participou no concurso em representação da Universidade das Artes de Berlim, recebeu um prémio de 10 mil euros, um contrato para a realização de dois concertos na Casa da Música (um com uma das suas orquestras residentes, outro no Festival Suggia do próximo ano) e ainda o direito a utilizar, durante os próximos dois anos, o valioso violoncelo Montagnana, um dos instrumentos utilizados por Guilhermina Suggia durante a sua carreira.

No concerto final, a violoncelista alemã disputou o prémio com a portuguesa Carolina Matos e com o lituano Gleb Pysniak. O prémio, patrocinado pelo BPI, foi decidido por um júri presidido por Madalena Sá e Costa (que foi discípula de Suggia), Paulo Gaio Lima, Fausto Neves e Pedro Burmester.

Kommentare

  1. Bom Dia Teresa

    Um prémio de louvar, também fico contente, tendo o prémio o nome desta grande senhora que foi Guilhermina Suggia.

    O sino da Igreja acordou-me, sem falar do Ellison que resolveu cair da cama.

    E vamos ao Dia Internacional da Mulher:)

    AntwortenLöschen
  2. não conheço. adorei o post. beijos, pedrit

    AntwortenLöschen
  3. Maravilha.
    ... e tão jovem.
    Gosto de jovens assim, que já "dão cartas". Tenho um assim (filhote grande).
    o meu orgulho!

    Beijo.

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen